fbpx

Agronegócio: superávit da Balança Comercial Paulista é de US$ 7,07 bi

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

De janeiro a julho de 2020, o agronegócio paulista apresentou exportações de US$ 9,51 bilhões, montante 9,3% superior ao obtido no mesmo período de 2019. As importações, com queda de 12,9%, totalizaram US$ 2,44 bilhões. Essas transações resultaram em um superávit de US$ 7,07 bilhões, volume 19,8% maior que o registrado no ano anterior, informa a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio do Instituto de Economia Agrícola (IEA).

No mesmo período, as exportações totais do Estado de São Paulo somaram US$ 22,70 bilhões e as importações, US$ 29,86 bilhões, registrando déficit comercial de US$ 7,16 bilhões. A participação das exportações do agronegócio no total do Estado foi de 41,9%, enquanto a participação das importações foi de 8,2%. Sendo assim, fica claro que o superávit do agro é fundamental para o equilíbrio das contas paulistas, afirmam José Alberto Angelo, Marli Mascarenhas Oliveira e Carlos Nabil Ghobril, pesquisadores do IEA.

Os principais grupos na pauta das exportações do agronegócio paulista foram: Complexo Sucroalcooleiro (US$ 2,86 bilhões, sendo que desse total o açúcar representou 85,1% e o álcool 14,9%); Complexo Soja (US$ 1,68 bilhão), Carnes (US$ 1,28 bilhão, em que a carne bovina respondeu por 85,4%), Produtos Florestais (US$ 916,10 milhões, com participações de 50,7% de papel e 38% de celulose) e Sucos (US$ 745,32 milhões, dos quais 96,2% referentes a sucos de laranja).  Esses cinco agregados representaram 78,6% das vendas externas setoriais paulista.

Na comparação com os sete primeiros meses de 2019, houve importantes variações nos valores exportados, com aumentos para os grupos do Complexo Sucroalcooleiro (+31,6%), Complexo Soja (+22,5%) e de Carnes (+15,8%); e quedas para Produtos Florestais (-13,1%) e Sucos (-18,5%). Essas variações são resultado das oscilações tanto de preços como de volumes exportados, explicam os pesquisadores.

Balança Comercial do Brasil

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 29,98 bilhões no período de janeiro a julho de 2020, com exportações de US$ 120,89 bilhões e importações de US$ 90,91 bilhões. No mesmo período, as vendas externas do agronegócio apresentaram alta (9,2%), alcançando US$ 61,19 bilhões (50,6% do total nacional). Já as importações recuaram 11,2%, registrando US$ 7,22 bilhões (7,9% do total nacional), gerando um superávit de US$ 53,97 bilhões.

 FONTE: Sec. de Agricultura de SP

conheça os serviços para sua empresa atuar na importação e exportação

atendimento nacional

conheça nossos serviços
últimas notícias no Comércio Exterior

Contate-nos

3003 5339

13 3321 9321
65 4141 4540

WhatsApp

clique acima

Preencha seus dados abaixo