Algodão: aumento de 133% nas exportações em relação ao ano passado, aponta relatório

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) divulgou na semana passada informações sobre as exportações brasileiras de pluma de algodão, trazendo revisões nos volumes do que foi enviado ao exterior referentes ao mês de agosto de 2019

Conforme a divulgação, o Brasil exportou cerca de 622,33 mil toneladas de fibra no acumulado de janeiro a agosto de 2019, uma alta de 133,43% em relação ao mesmo período do ano passado. No que tange à exportação de algodão em Mato Grosso, os resultados também foram positivos, visto que o estado escoou cerca de 384,65 mil toneladas no ano.

Esse aumento se deu em decorrência dos altos volumes de fibras exportadas no ano para a safra 18/19. Dessa forma, mesmo com as inseguranças no mercado, é esperado que as exportações mato-grossenses continuem a registrar volumes maiores, com destaque para países como a China e a Indonésia que se tornaram os maiores importadores do estado ao longo de 2019.

O preço Imea-MT encerrou a última semana com um avanço de 0,11%, cotado a um preço médio de R$ 74,70/@.

Com a desvalorização do dólar na última semana, as paridades de exportações encerraram em queda de 0,51% e 1,15%, cotadas a um preço médio de R$ 79,51/@ e R$ 84,15/@ para os contratos dez/19 e jul/20, respectivamente.

Os subprodutos finalizaram a semana com aumento de 0,62%, 0,02% e 0,63%, com um valor em Mato Grosso de R$ 398,97/t, R$ 509,29/t e R$ 2.035,67/t, para o caroço, torta e óleo de algodão, respectivamente.

Com o clima favorável no estado a colheita de algodão em Mato Grosso segue na reta final, avançando 7,46 p.p. na semana alcançando assim 98,50% da área colhida.

FONTE: Agronews

consulte sua habilitação Radar / Siscomex

copie o link abaixo, abra uma nova aba do navegador e cole na barra de endereço

Todos os serviços para
Comércio Exterior

Fale com um de nossos especialistas

Telefone

+55 13 3321-9321 | +55 65 4141-4540

WhatsApp

+55 13 3321-9321

E-mail

Preencha o formulário ao lado