Após liberação da Receita Federal, Porto de São Francisco abre novo gate e amplia a infraestrutura para o transporte de cargas e circulação de caminhões

Compartilhe esta notícia

Com a autorização da Receita Federal concedida, o Porto de São Francisco conseguiu finalizar a obra de abertura de novo gate no complexo e expandiu a sua infraestrutura para conseguir ainda mais eficiência na circulação de caminhões e no transporte de cargas

A administração do Porto de São Francisco, localizado no estado de Santa Catarina, recebeu a autorização da Receita Federal para a finalização da obra de abertura do novo gate e inaugurou a estrutura nessa sexta-feira, (13/05). Agora, os caminhões que realizam o transporte de cargas no complexo terão uma infraestrutura ainda mais eficiente para garantir mais rapidez e segurança nas atividades.

Receita Federal autoriza administração do Porto de São Francisco a realizar a abertura de novo gate para a circulação de caminhões no complexo

O investimento em infraestrutura é o principal objetivo do setor portuário brasileiro atual, com o objetivo de atrair ainda mais investidores para os complexos. E, nesta sexta-feira, o Porto de São Francisco deu mais um passo em direção a um futuro ainda mais eficiente nas operações de transporte de cargas no local. Isso acontece pois foi aberto um novo gate para a circulação dos caminhões que realizam as operações de embarque e desembarque de mercadorias dentro do complexo. 

Essa é uma obra que já estava sendo aguardada há alguns anos, mas somente agora a Receita Federal concedeu a autorização necessária para a abertura da estrutura. E, embora já tenham sido finalizadas as construções de três novas balanças para expandir ainda mais a infraestrutura do local, apenas uma será aberta para funcionamento nessa primeira semana. Isso porque ainda são necessárias algumas vistorias e análises quanto à segurança dos equipamentos, para que então o gate comece a funcionar a todo vapor para a circulação de caminhões. 

Além disso, a administração do Porto de São Francisco afirmou que, durante as próximas semanas, continuará investindo na infraestrutura do local para abrir as outras balanças e trazer ainda mais eficiência no transporte de cargas. Atualmente, o porto tem um fluxo médio de 500 caminhões por dia, equivalente a 1 mil movimentos, contando apenas com duas balanças. E, ao final do projeto de infraestrutura do porto, com o início da utilização de cinco balanças, será possível atender até 1,5 mil caminhões por dia, chegando a 3 mil movimentos.

Novo gate aberto no terminal portuário São Francisco conta com tecnologia de ponta e é a nova aposta do local para as melhorias necessárias na infraestrutura do complexo

O novo plano de obras de infraestrutura do Porto de São Francisco garantiu ao gate aberto nesta semana uma tecnologia de ponta que visa trazer ainda mais eficiência e segurança nas operações de transporte de cargas. Assim, o local conta com um sistema automatizado para realizar a vistoria de entrada e saída dos caminhões no porto. Além disso, também há o reconhecimento biométrico dos motoristas, por meio da palma da mão, o que evitará que estes tenham que descer dos caminhões.

Por fim, a estrutura também contará com algumas modernas câmeras que serão as responsáveis pela leitura e identificação das placas dos veículos, agilizando a movimentação de cargas. E, com todo esse investimento realizado pelo porto, a infraestrutura de transporte de cargas se tornará cada vez mais eficiente dentro do complexo portuário nos próximos meses.

Assim, o presidente do Porto, Cleverton Vieira, comentou sobre a importância do negócio para o Porto de São Francisco e para a expansão no transporte de cargas, afirmando que “A obra, com investimento de R$ 4 milhões, é aguardada há anos pela comunidade portuária, pois possibilitará superar um gargalo histórico na movimentação dos caminhões no Porto, otimizando significativamente a carga e descarga de mercadorias”.

FONTE: Click Petróleo e Gás (CPG)

últimas notícias no Comércio Exterior

solicitar atendimento

vamos conversar sobre Comércio Exterior ?

services for companies outside Brazil

atendemos somente EMPRESAS