Balança comercial de MS segue positiva com o aumento nas exportações de celulose

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Celulose se mantém no topo das exportações, com faturamento de US$ 1,380 bilhão de janeiro a agosto!

O total do saldo que Mato Grosso do Sul comercializou e adquiriu do exterior entre janeiro a agosto deste ano alcança resultados positivos, com destaque para o aumento nas exportações está a celulose (+10,84%).

Os números constam da Carta de Conjuntura de setembro, elaborada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

“Notamos que o Estado continua expandindo seu mercado no exterior, com mudanças no ranking dos principais produtos. É o caso da soja, que apresenta queda de 44,16% no volume de venda, enquanto o milho teve alta de 266%. Já a celulose se mantém no topo com faturamento de US$ 1,380 bilhão no período”, analisa o secretário Jaime Verruck.

A China permanece sendo o principal destino das exportações do Estado, com 43,82% do total da pauta; Japão (124,25%) e Estados Unidos (85,15%) aparecem com expansão expressiva na compra de produtos sul-mato-grossenses. Os norte-americanos já figuram entre os principais parceiros comerciais, perdendo apenas para chineses e argentinos. Influenciado pela celulose, Três Lagoas continua sendo o município com maior volume de exportações (51,52%), seguido de Campo Grande (8,65%) e Dourados (7,47%).

Com relação às importações, o gás natural boliviano representa quase metade (49,82%) do que o Estado compra do exterior, um pouco abaixo do que representava no mesmo período do ano passado (53,31%). Em segundo vêm produtos químicos inorgânicos, tecidos e produtos metalúrgicos, que juntos somam 22% do montante importado.

FONTE: Tissue Online

consulte sua habilitação Radar / Siscomex

copie o link abaixo, abra uma nova aba do navegador e cole na barra de endereço

Todos os serviços para
Comércio Exterior

Fale com um de nossos especialistas

Telefone

+55 13 3321-9321 | +55 65 4141-4540

WhatsApp

+55 13 3321-9321

E-mail

Preencha o formulário ao lado