Bracell projeta investir R$ 250 milhões na construção de nova ferrovia, no estado de São Paulo

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Com a construção da nova ferrovia, a Bracell melhora a logística de transporte de tora de eucalipto e celulose até o Porto de Santos.

A Bracell aguarda aval do Ministério da Infraestrutura para a construção de 23,5 quilômetros de ferrovias em Lençóis Paulista e Pederneiras, ambas localizadas no estado de São Paulo, com o objetivo de melhorar a logística de transporte de tora de eucalipto e celulose até o Porto de Santos. Os investimentos previstos são da ordem de R$ 250 milhões.

A Bracell espera aval da União para começar a construção da ferrovia

De acordo com a União, os pedidos são analisados pela Secretaria Nacional de Transportes Terrestres (SNTT). Segundo o site JC NET, a Bracell preferiu não se manifestar sobre o assunto neste momento. O Ministério da Infraestrutura informou que o primeiro projeto apresentado pela Bracell propõe a implantação do trecho de quatro quilômetros dentro de Lençóis Paulista (43 quilômetros de Bauru), com investimento de R$ 50 milhões, para transportar tora de eucalipto da fábrica do Projeto Star até o Porto de Santos. 

“Outro segmento, de 19,5 quilômetros de extensão, prevê a ligação de Lençóis Paulista à malha ferroviária de Pederneiras, sentido Porto de Santos, para transportar carga geral de celulose produzida pela Bracell. O investimento estimado é de R$ 200 milhões”, explicou o órgão em nota.

Autorizações para construção das ferrovias

“Essas solicitações estão entre as 19 protocoladas no Ministério da Infraestrutura por entes privados interessados em construir e operar novas ferrovias no país pelo instrumento da autorização ferroviária. Todos os pedidos seguem em análise pela equipe da Secretaria Nacional de Transportes Terrestres (SNTT), sendo que 14 já passam por avaliação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) quanto à viabilidade locacional”. 

Segundo o Ministério da Infraestrutura, se as 19 solicitações (juntas a autorização requisitada pela Bracell), forem aprovadas, elas devem injetar R$ 81,5 bilhões na implantação de 5.420,5 quilômetros de novos trilhos pela iniciativa privada, cruzando 12 estados. “A última leva de requerimentos dentro do programa Pro Trilhos para novas ferrovias apresentada ao Ministério da Infraestrutura (MInfra) revela que haverá disputa entre empresas por novos trechos a serem desenvolvidos”, declara.

Recentemente, a Bracell inaugurou um novo terminal de ferrovias

Na semana passada, a Bracell inaugurou um terminal ferroviário em Pederneiras dedicado ao transporte de celulose. O complexo foi construído por meio de parceria entre Bracell e MRS, com investimento de R$ 58,5 milhões, considerando ramal ferroviário e terminal. Segundo a empresa, a celulose chegará até o terminal em veículos rodo-trem e, na sequência, as composições com a carga percorrerão cerca de 510 quilômetros pela ferrovia até o Porto de Santos. As composições vão operar 24 horas, durante 365 dias.

FONTE: Click Petróleo e Gás (CPG) / FOTO: Abifer

últimas notícias no Comércio Exterior

solicitar atendimento

vamos conversar sobre Comércio Exterior ?

services for companies outside Brazil