fbpx

Cebola: Temporada de importação do primeiro semestre chega ao fim

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Na segunda semana de julho (08 a 12/07), importadores de Porto Xavier (RS) encerraram as atividades na fronteira com a Argentina. Nesta temporada (março-julho/19), o volume importado foi 71% maior que o do mesmo período do ano passado, segundo dados da Secex (Secretaria de Comércio Exterior).

O clima, nas roças do país vizinho, favoreceu o rendimento da produção e a alta qualidade das hortaliças. Ademais, foram utilizadas sementes tratadas, que resistiram por mais tempo – conservando a alta qualidade do bulbo para exportação. Outro motivo para o aumento dos envios se deve às vantagens do Real frente ao Peso Argentino: em março deste ano, a moeda argentina foi cotada a valores 58,8% inferiores aos registrados no mesmo período de 2018.

Normalmente, as atividades de importação se encerram no início de junho, quando Cerrado e Irecê (BA) oferecem mais cebolas. Contudo, devido à quebra de safra nestas praças, a importação continuou ao longo do mês e se estendeu até o início de julho.

Apesar de a falta de cebolas no mercado nacional ter persistido, a finalização ocorreu por conta da redução de oferta na Argentina. A média de preços da caixa 3, no primeiro semestre deste ano, foi de R$ 45,68/sc de 20 kg em Porto Xavier.

FONTE: Notícias Agrícolas

últimas notícias no Comércio Exterior

solicitar atendimento

vamos conversar sobre Comércio Exterior ?

services for companies outside Brazil