Paquistão aprova 33 variedades de milho híbrido

Compartilhe esta notícia

No entanto, 10 híbridos de empresas locais não foram recomendados

O governo do Paquistão aprovou 33 híbridos de milho, dois milhetos (forragem), dois sorgos do capim sudanês e um sorgo híbrido para cultivo comercial, disse uma autoridade sênior nesta segunda-feira. O Comitê de Avaliação de Variedades (VEC) do Conselho de Pesquisa Agrícola do Paquistão (PARC) aprovou o cultivo comercial das culturas. 

O Presidente PARC Umer Farooq, dirigindo uma reunião, destacou o papel do PARC no processo de avaliação de variedades e sua liberação. Ele também enfatizou o papel da legislação e o desempenho estável dos híbridos nas diversificadas zonas agroecológicas. Ele apreciou o papel da coordenação do PARC e a crescente confiança das pessoas no sistema e pediu a necessidade de alcançar a autossuficiência na produção local de sementes para reduzir o enorme volume de importação de sementes. 

No entanto, 10 híbridos de empresas locais não foram recomendados devido ao seu baixo desempenho ou deficiências processuais. O comitê também discutiu em detalhes para abordar os problemas como produção de sementes, aprovação, liberação e comercialização de variedades híbridas no país e discutiu questões relacionadas à adaptabilidade e testes nacionais de rendimento uniforme. 

No total, 48 propostas foram cuidadosamente examinadas e 38 foram permitidas para alistar-se no Departamento Federal de Certificação e Registro de Sementes. A produção de milho caiu em torno de dois por cento, para 5,5 milhões de toneladas no ano passado. No mês passado, o governo impôs a proibição de novos testes de milho geneticamente modificado por um período não especificado, em uma tentativa de evitar a contaminação natural das safras que podem, posteriormente, prejudicar as exportações de milho.

FONTE: Agrolink

últimas notícias no Comércio Exterior

solicitar atendimento

vamos conversar sobre Comércio Exterior ?

services for companies outside Brazil

atendemos somente EMPRESAS