Pará tem nova dinâmica de comercialização do boi com habilitação de 4 frigoríficos para exportar para China. Arroba segue em alta

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Frigoríficos do Pará chegam a pagar até R$4,00 a mais por arroba no animal que vai atender mercado chinês

No estado do Pará, a comercialização do mercado do boi está mais dinâmica depois da habilitação de quatro plantas frigoríficas que podem exportar carne bovina para a China.  Com a oferta restrita de animais, as programações de abate estão curtas e os patamares da arroba seguem firmes.

Segundo o Presidente da Associação dos Criadores do Pará (Acripará), Maurício Fraga Filho, a região ainda está enfrentando problemas com a seca e alguns lugares não receberam nenhum volume de chuva. “Com isso, a oferta está muito reduzida e os frigoríficos estão trabalhando com escalas curtas”, afirma.

Motivado pela a falta de animais, os preços praticados no estado do Pará estão melhores que em outras regiões, como Goiás e Mato Grosso. Atualmente, os valores para o boi comum estão em torno de R$ 153,00/@, com trinta dias. “Além da forte demanda por boi china também tem uma disputado por boi comum e isso é reflexo da exportação”, ressalta.

Outro fator positivo é a habilitação de quatro frigoríficos que podem exportar carne bovina para a China. “Dessas quatro unidades, tem três localizados no sul e sudeste que estão muito próximos de Marabá. As indústrias estão procurando animais abaixo dos trinta meses para atender a demanda chinesa”, destaca.

Os frigoríficos que estavam interessados em exportar eram empresas de médio porte, sendo que não tem como chegar ao Ministério da Agricultura para solicitar essa demanda. Por isso, Associação procurou o governador que trabalharam em conjunto com o Ministério para habilitar as indústrias no estado.

“A habilitação foi anunciada em uma semana e na outra todos os frigoríficos já começaram abater animais para exportar para a China. As indústrias estão pagando até R$ 4,00/@ nos animais que atendem os requisitos para exportação”, salienta a liderança.

FONTE: Notícias Agrícolas

consulte sua habilitação Radar / Siscomex

copie o link abaixo, abra uma nova aba do navegador e cole na barra de endereço

Todos os serviços para
Comércio Exterior

Fale com um de nossos especialistas

Telefone

+55 13 3321-9321 | +55 65 4141-4540

WhatsApp

+55 13 3321-9321

E-mail

Preencha o formulário ao lado