fbpx

Preços do frango sobem com exportação e maior competitividade ante outras carnes

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Os preços da carne de frango em agosto subiram pelo terceiro mês consecutivo, puxados pela maior competitividade ante a bovina e suína e pela demanda para exportação. Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o frango inteiro congelado registrou média de R$ 4,96 o quilo na Grande São Paulo, alta de 3,7% frente a julho e de 12,4% em relação a agosto/19.

Para o inteiro resfriado, na mesma região, o preço subiu 4,4% de julho a agosto e 12,6% frente ao mesmo mês de 2019, com média também de R$ 4,96/kg.

“Em Porto Alegre (RS) o produto congelado foi cotado a R$ 5,36/kg na média de agosto, alta de 1,1% e de 0,7% nos comparativos mensal e anual, enquanto o inteiro resfriado atingiu 5,58/kg, aumentos de 4,5% frente a julho e de 4,1% na comparação com agosto/19”, disse o centro de pesquisas em nota.

No mercado de cortes da região da capital paulista, a asa de frango foi a que mais se valorizou, 17,4% frente a julho e de 78,4% na comparação com o mesmo mês de 2019, a R$ R$ 12,46/kg na média de agosto.

“Para o frango vivo, as cotações também registraram elevação, visto que a indústria aumentou a procura por animais para garantir o andamento das linhas de produção. No Estado de São Paulo, o animal teve preço médio de R$ 3,84/kg em agosto, altas de 4,2% frente a julho e de 18,1% em relação a agosto/19”, disse o Cepea.

FONTE: Isto é Dinheiro

conheça os serviços para sua empresa atuar na importação e exportação

atendimento nacional

conheça nossos serviços
últimas notícias no Comércio Exterior

Contate-nos

3003 5339

13 3321 9321
65 4141 4540

WhatsApp

clique acima

Preencha seus dados abaixo