Balança comercial de MS tem superavit de US$ 2,070 bilhões

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A balança comercial de Mato Grosso do Sul apresentou superavit de US$ 2,070 bilhões no acumulado de janeiro a agosto deste ano, de acordo com dados divulgados pela Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais, do Ministério da Economia. As exportações do Estado alcançaram US$ 3,555 bilhões no período, enquanto as importações somaram US$ 1,485 bilhão.

As principais contribuições positivas para as exportações sul-mato-grossenses, até o mês de agosto, foram o crescimento da receita de vendas externas da celulose, da carne bovina e do milho. Juntos, esses três produtos responderam por 56,59% do montante exportado pelo Estado nesses oito meses de 2019.

Com participação de 38,81% na pauta de exportações, a celulose contabilizou aumento de 10,84% no montante de vendas em relação ao mesmo período de 2018, passando de US$ 1,245 bilhão para US$ 1,380 bilhão.

Já a carne bovina, considerando o produto na forma fresca ou refrigerada e congelada (totalizando 12,15% de participação), respondeu por um total de US$ 432,292 milhões em exportações, incremento de 28,13% em relação ao valor do mesmo período de 2018.

Quanto ao milho, a receita de exportações da commodity sul-mato-grossense  fechou em US$ 200,322 milhões, mais que o triplo do valor comercializado no ano passado, US$ 56,594 milhões.

Em contrapartida, o valor das exportações com soja, segundo principal produto vendido ao exterior pelo Estado (com 25,48% de participação), recuou 45,28% em relação a 2018 e foi de US$ 1,656 bilhão para US$ 906,295 milhões.
Também apresentou retração nas exportações o frango – de US$ 165,134 milhões para US$ 149,162 milhões (-9,67%). Já o montante em vendas externas de minério de ferro somou US$ 102,463 milhões de janeiro a agosto, ficando praticamente estável em relação a 2018 (US$ 102,384 milhões).

Quanto aos principais países exportadores, a China manteve a liderança na compra de produtos sul-mato-grossenses, com US$ 1,557 bilhão (43,87% do total exportado), embora o montante seja 26,43% menor que o do mesmo período do ano passado (US$ 2,117 bilhões).

Na sequência de principais parceiros de exportação, estão a Argentina, com US$ 192,915 milhões; Estados Unidos (US$ 165,309 milhões), Itália (US$ 137,597 milhões) e Países Baixos/Holanda (US$ 127,112 milhões).

IMPORTAÇÕES

De janeiro a agosto, as importações de Mato Grosso do Sul somaram US$ 1,485 bilhão e, desse montante, 49,82% vieram da aquisição do gás de petróleo e outros hidrocarbonetos gasosos, o equivalente a US$ 740,113 milhões. No entanto, no comparativo com o mesmo período de 2018, quando o valor das importações com gás alcançou US$ 953,710 milhões, houve queda de 22,4%.

O principal país do qual Mato Grosso do Sul importou produtos no período foi a Bolívia, com montante de US$ 746,054 milhões, ou 50,22% do total.

DESEMPENHO

Apesar do desempenho positivo, a receita de exportações de MS até agosto foi 13,53% inferior à do mesmo período de 2018, quando atingiu US$ 4,112 bilhões. O valor resultante das importações também diminuiu (-16,97%) no comparativo com igual intervalo do ano passado, quando o montante foi de US$ 1,789 bilhão.

Ainda conforme os números da Secex, até aqui o resultado da balança comercial sul-mato-grossense é 10,89% inferior ao do acumulado de janeiro a agosto de 2018 – o superavit nesse mesmo período foi de US$ 2,322 bilhões.

Quando considerado o desempenho somente de agosto, a balança comercial também fechou no azul, com superavit de US$ 234,253 milhões, resultado 10,81% menor que o do mesmo mês de 2018. No oitavo mês do ano, as exportações totalizaram US$ 417,422 milhões em MS, enquanto o montante das importações foi de US$ 182,169 milhões.

FONTE: Correio do Estado

consulte sua habilitação Radar / Siscomex

copie o link abaixo, abra uma nova aba do navegador e cole na barra de endereço

Todos os serviços para
Comércio Exterior

Fale com um de nossos especialistas

Telefone

+55 13 3321-9321 | +55 65 4141-4540

WhatsApp

+55 13 3321-9321

E-mail

Preencha o formulário ao lado