fbpx

Bem-estar animal é crucial para relações comerciais, diz Abiec

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), Antônio Camardelli, que está participando e apoiando o projeto “Desafio da Pecuária Responsável”, destacou hoje que o bem-estar animal é um fator cabal para as relações comerciais do Brasil com outros países no segmento de carne bovina. “Hoje o Brasil acessa inúmeros países e esse é um item que obrigatoriamente tem de estar integrado”, afirma.

Para Camardelli, o papel da indústria é indispensável no processo e tem de estar calcado em três pilares: bem-estar animal, status sanitário e sustentabilidade. “A atualização constante desses itens é o que mantém o Brasil como o maior exportador de carne bovina do mundo. A abertura do mercado da Indonésia, foi um exemplo disso. O setor tem de fazer avaliações constantes, controlar o movimento dos países. Não basta exportar, é preciso saber em qual `share atuar”, sinaliza.

De acordo com o presidente da Abiec, o bem-estar animal é essencial para o aumento da receita nas exportações. “O Brasil já superou barreiras comerciais `travestidas de técnicas e, sem sombra de dúvidas, no pós Covid estará pronto para ser um dos grandes players mundiais no fornecimento de carne bovina”, conclui.

FONTE: Agência Safras

últimas notícias no Comércio Exterior

solicitar atendimento

vamos conversar sobre Comércio Exterior ?

services for companies outside Brazil