fbpx

Brasil aprova medida que facilita entrada de uvas frescas da Argentina

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Segundo a agência Télam, acordo entre governos abre novas oportunidades aos argentinos, que exportaram cerca de 50% da produção ao Brasil nos últimos dois anos

O Ministério da Agricultura aprovou o Sistema de Mitigação de Riscos (SMR) para o controle da praga Lobesia botrana em uvas produzidas na Argentina. 

A medida vai facilitar a exportação de uvas frescas argentinas para o mercado brasileiro, já que o produto não precisará mais passar por bromação, informou a agência de notícias Télam.

hortifruti_uvas (Foto: Divulgação)
Cachos de uva antes da colheita (Foto: Divulgação)

De acordo com o Ministério da Agricultura da Argentina, as regras anteriores afetavam as operações comerciais e a qualidade da fruta. Até 2019, o Mercosul tinha uma regra que exigia a bromação de uvas quando fossem comercializadas entre os Estados Partes do Mercosul.

Naquele ano, aprovaram a Resolução GMC 22/19, que permite o uso de outros tratamentos de quarentena (como SMR) como alternativas ao brometo de metila para controle de pragas não quarentenárias regulamentadas e quarentenárias.

O Brasil é o principal destino das uvas frescas argentinas, tendo respondido por 50% do total exportado pelo país vizinho nos últimos dois anos. No entanto, a obrigatoriedade do uso do brometo gerou custos elevados e prejudicou a fruta.

Assim, a aprovação do SMR representa uma melhora nas condições de exportação e novas oportunidades para os produtores argentinos, especialmente nas províncias de Mendoza e San Juan, que têm solicitado esta modificação com grande interesse.

De acordo com a Télam, a decisão do governo brasileiro foi tomada depois de visita do ministro da Agricultura argentino, Luís Basterra, a Brasília, em 9 de março deste ano. Na ocasião, Basterra e a ministra Tereza Cristina, com o apoio técnico dos respectivos serviços fitossanitários, resolveram 49 das 54 questões identificadas no início de 2020.

FONTE: Globo Rural

últimas notícias no Comércio Exterior

solicitar atendimento

vamos conversar sobre Comércio Exterior ?

services for companies outside Brazil