fbpx

Carne bovina: Exportação MT-China bate recorde

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Embarques são puxados pelo surto de peste suína no país asiático

O surto de Peste Suína Africana (PSA) que assola o rebanho de suínos na China foi o principal responsável pelo recorde nos embarques de carne bovina registrado pelo Mato Grosso nos primeiros sete meses deste ano, segundo análise divulgada pelo boletim pecuário do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

De acordo com a entidade, o país asiático tem demandado produtos cárneos de outros países, a fim de abastecer seu mercado interno. Dessa maneira, “o complexo China, Hong Kong e Macau importou do Mato Grosso 57,39 mil toneladas equivalente-carcaça (TEC) no período de janeiro a julho de 2019, aumento de 8,54% no comparativo anual, e o maior volume para este período – esse setor representou uma participação de 26,12% sobre as exportações totais do Estado.

“Nota-se que o surto de PSA na China tem beneficiado não somente a suinocultura brasileira, mas também o mercado de carne bovina, mesmo que em menor intensidade”, avalia o Imea.

Além disso, o Mapa tem pleiteado com o Governo chinês um aumento no número de frigoríficos habilitados para exportação para aquele país, lembra o instituto. Caso isso se concretize e os frigoríficos mato-grossenses sejam aprovados, continua o Imea, as embarcações tendem a se fortalecerem ainda mais, principalmente neste momento de demanda externa aquecida.

FONTE: Portal DBO

conheça os serviços para sua empresa atuar na importação e exportação

atendimento nacional

conheça nossos serviços
últimas notícias no Comércio Exterior

Contate-nos

3003 5339

13 3321 9321
65 4141 4540

WhatsApp

clique acima

Preencha seus dados abaixo