fbpx

China quer importar mais carne de porco de vários países

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A China vai continuar a importar carne de porco dos Estados Unidos e de outros países diante do impacto da propagação da gripe suína africana, que reduz os plantéis domésticos e a oferta no maior mercado consumidor do mundo, segundo uma autoridade do Ministério da Agricultura da China.

“Como a oferta doméstica de carne de porco está diminuindo, certamente vamos importar carne suína para ajudar a equilibrar os suprimentos, inclusive dos Estados Unidos”, disse Yu Kangzhen, vice-ministro de Agricultura e Assuntos Rurais, durante entrevista coletiva. Yu não forneceu estimativas.

A notícia de um mercado aberto chega em boa hora para produtores de suínos dos EUA, que enfrentam os menores preços no atacado para esta época do ano em uma década. Ainda assim, compras de volumes muito altos podem não se concretizar devido a um aditivo de ração para suínos usado nos EUA que é proibido na China, segundo a Bloomberg Opinion. Com isso, produtores europeus poderiam estar melhor posicionados para preencher a lacuna de oferta da China.

As importações da China de carne de porco e miúdos dos EUA deram um salto para o maior patamar em pelo menos um ano em maio, superando o nível anterior à tarifa de retaliação de 62% imposta aos embarques dos EUA em julho do ano passado, segundo dados oficiais da alfândega. As importações totais de carne também bateram recorde em maio, com a menor oferta puxando os preços domésticos.

A China abateu 1,16 milhão de porcos desde que a gripe suína africana foi detectada pela primeira vez em agosto de 2018. Dos 143 surtos da doença identificados na China desde agosto, 44 foram registrados no primeiro semestre do ano, indicando que a disseminação da doença está diminuindo, segundo Yu. Ele disse que o ministério vai reforçar seus sistemas de monitoramento e reprimir qualquer tentativa de encobrir os surtos.

FONTE: Uol Economia

conheça os serviços para sua empresa atuar na importação e exportação

atendimento nacional

conheça nossos serviços
últimas notícias no Comércio Exterior

Contate-nos

3003 5339

13 3321 9321
65 4141 4540

WhatsApp

clique acima

Preencha seus dados abaixo