ENERGIA Enel inicia expansão de 133MW em usina solar no Brasil

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A empresa italiana de energia Enel, através de sua subsidiária Enel Green Power Brasil Participações (EGPB), iniciou a construção da expansão de 133MW na usina solar de São Gonçalo em São Gonçalo do Gurguéia, Piauí, Brasil.

A primeira seção da usina solar de São Gonçalo já tem capacidade de 475MW e com a adição de 133MW, a usina solar vai gerar 608MW. A empresa investirá BRL422 milhões (£ 86,4 milhões) na expansão de 133MW. A usina solar expandida de 608MW começará a operar em 2020.

A construção da primeira seção de 475MW começou em outubro de 2018. Da capacidade total de 608MW, 343MW, que inclui a adição de 133MW da nova seção e uma porção de 210MW da primeira seção ser vendido a clientes corporativos no mercado livre de energia do país. Os 265 MW restantes da primeira seção são suportados por contratos de compra de energia de 20 anos com um grupo de empresas de distribuição que operam no mercado regulado do país.

O chefe da Enel Green Power, Antonio Cammisecra, disse: “Estamos expandindo ainda mais a São Gonçalo, a maior usina solar da América do Sul atualmente em construção, reforçando nosso compromisso de aumentar nossa capacidade renovável no Brasil, onde somos o principal participante tanto em energia solar quanto eólica. capacidade instalada e portfólio de projetos.

“O perfil de produção de São Gonçalo se beneficiará ainda mais da nossa liderança em inovação, inclusive por meio de tecnologias de geração de ponta. A fábrica dedicará uma parcela significativa de sua produção, incluindo toda a produção de sua nova expansão, ao mercado livre de energia do Brasil, que é cada vez mais atraente para os investidores renováveis. ”A expansão de 133MW deverá gerar 360GWh de energia limpa anualmente, evitando a emissão de 207.000 toneladas de CO2 para a atmosfera. Quando a usina solar de 608MW se tornar operacional, espera-se gerar mais de 1.500GWh de energia limpa, evitando mais de 860.000 toneladas de emissões de CO2 anualmente.

Em fevereiro, a empresa iniciou a construção do parque eólico de 716MW Lagoa dos Ventos no Brasil. Localizada nos municípios de Lagoa do Barro do Piauí, Queimada Nova e Dom Inocêncio, no nordeste do estado do Piauí, a empresa está investindo quase R $ 3 bilhões (£ 614.6m) no parque eólico. O parque eólico será alimentado por 230 turbinas e, quando estiver totalmente operacional, o parque eólico gerará mais de 3,3TWh (terawatts-hora) de energia livre de emissões.

FONTE: O Petróleo

consulte sua habilitação Radar / Siscomex

copie o link abaixo, abra uma nova aba do navegador e cole na barra de endereço

Todos os serviços para
Comércio Exterior

Fale com um de nossos especialistas

Telefone

+55 13 3321-9321 | +55 65 4141-4540

WhatsApp

+55 13 3321-9321

E-mail

Preencha o formulário ao lado