fbpx

Faltando um mês para fechar o ano, Mato Grosso se consolida como 5º maior exportador

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O crescimento das exportações em Mato Grosso neste ano caminha para a consolidação e para colocar o estado uma posição acima do que terminou 2019 no ranking nacional de exportações. Com alta de 6,4% nas vendas externar, Mato Grosso chega em novembro em 5º lugar no Brasil, atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Pará. A posição é uma superior à do final do ano passado.

De acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), nos 11 primeiros meses deste ano o estado já exportou U$ 16,8 bilhões e importou U$ 1,6 bilhão (10% a menos do que o período passado). O saldo da balança comercial é superavitário em U$ 15,2 bilhões. Os números são os maiores desde 2009, quando o governo federal passou a divulgar as estatísticas.

A China, com 31% das compras, seguida de Holanda (5,6%), Vietnã (5,5%), Espanha (5,1%) e Tailândia (5%) aumentaram as compras dos produtores mato-grossenses no período e se consolidam como os cinco maiores parceiros comerciais.

Eles compram principalmente soja. A oleaginosa, vendida em grãos ou em farelo, responde por 57% das exportações. O milho, com redução das vendas, tem 18% do mercado, seguido do algodão com 10%, da carne com 8,8% e do ouro com 1,4%.

FONTE: Só Notícias

últimas notícias no Comércio Exterior

solicitar atendimento

vamos conversar sobre Comércio Exterior ?

services for companies outside Brazil