fbpx

Mamão: exportações brasileiras crescem 24% em 2021, diz Cepea

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

As exportações brasileiras de mamão cresceram na parcial deste ano (janeiro a maio), apesar dos entraves na logística aérea por conta da pandemia de Covid-19.

Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, produtores têm se interessado em vender a fruta ao mercado externo devido ao bom retorno financeiro dessa comercialização, visto que, apesar das recentes quedas, o dólar ainda está valorizado frente ao Real. Além disso, agentes se adaptaram ao uso de aviões cargueiros, que têm menos restrições neste momento.

Conforme dados da Secex, entre janeiro e maio, o Brasil exportou 22,4 mil toneladas de mamão, 24% a mais do que o volume embarcado no mesmo período do ano passado e 15% acima dos embarques de 2019, quando a pandemia ainda não dificultava o comércio internacional.

Nos primeiros cinco meses de 2021, os principais destinos do mamão brasileiro foram os países da Europa, que compraram 89% do total exportado, da América do Norte (5%) e da América do Sul (5%). Vale destacar que os envios ao continente sul-americano subiram bastante no período, 267% frente à mesma parcial do ano passado, visto a maior facilidade de escoamento pela proximidade com o Brasil.

FONTE: Canal Rural

últimas notícias no Comércio Exterior

solicitar atendimento

vamos conversar sobre Comércio Exterior ?

services for companies outside Brazil