fbpx

Minério de ferro na China sobe após corte de tarifas sobre importações dos EUA

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Os futuros do minério de ferro na China recuperaram-se nesta quinta-feira de três dias seguidos de queda, após o governo chinês ter anunciado cortes de tarifas sobre importações de uma série de produtos dos Estados Unidos, o que trouxe algum alívio aos mercados financeiros, fortemente impactados pela disseminação do coronavírus no país.

O contrato mais ativo do minério de ferro na bolsa de Dalian encerrou em alta de 0,9%, a 590 iuanes (84,64 dólares por tonelada), devolvendo perdas iniciais. Na bolsa de Cingapura, o primeiro contrato, para abril, subiu 1,1%, para 79,40 dólares por tonelada.

O minério de ferro em Dalian havia recuado 11,3% entre segunda e quarta-feira, por preocupações com a demanda na China, principal importadora, em meio à epidemia do coronavírus no país.

“O surto de coronavírus vai prejudicar o crescimento econômico da China neste ano, mas a escala desse impacto segue incerta e dependerá de sua duração e intensidade”, disse a Fitch Ratings.

Embora houvessem expectativas gerais de uma normalização dos preços neste ano, depois de um salto em 2019 devido a preocupações com um aperto na oferta do material, a queda das cotações nesta semana foi a maior em seis meses.

A epidemia do coronavírus já matou 563 pessoas na China e gerou restrições ao movimento de pessoas e ao transporte, prejudicando muitos negócios.

A China disse que irá cortar pela metade tarifas adicionais fixadas sobre 1.717 produtos norte-americanos no ano passado, após um acordo comercial de fase 1 com os EUA que trouxe uma trégua para uma disputa tarifária entre os países.

No aço, o contrato mais negociado do vergalhão na bolsa de Xangai ficou praticamente estável, com alta de 0,1%.

FONTE: R7

consulte sua habilitação Radar / Siscomex

copie o link abaixo, abra uma nova aba do navegador e cole na barra de endereço

Contate-nos

Telefone

+55 13 3321-9321 | +55 65 4141-4540

WhatsApp

clique acima

Preencha seus dados abaixo