Produtor de Goiás representa o setor em fórum da OMC

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Por indicação da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o produtor rural Charles Peeters representou o setor agropecuário no Fórum Público da Organização Mundial do Comércio em Genebra, na Suíça.

Peeters e a irmã Wendy administram uma propriedade em Montividiu (GO) em que a produção de soja, milho e gado foi construída com a adoção de boas práticas agrícolas e tecnologias sustentáveis.

“Todos ficaram surpresos com nossa história, inclusive brasileiros que vivem lá. Colhemos muitos benefícios para todo o sistema de produção ao investir em Sistema Plantio Direto e Integração Lavoura-Pecuária. Quando você faz sua parte, colhe um sistema mais produtivo e minimiza os impactos climáticos. É a consequência de fazer nosso trabalho bem feito.”

Ele conta que o negócio começou com o avô que veio da Holanda para o Brasil na década de 50 e foi passando de pai para filho. A irmã cuida da parte administrativo-financeira e ele fica com a produção e a comercialização dos produtos.

“Meu avô e meu pai já faleceram, então, a sucessão aconteceu cedo. Acredito que isso nos trouxe maturidade para o negócio. Estamos fazendo nosso dever de casa para a próxima geração. Esse é o caminho.”

Peeters explica que exporta soja e milho via trading e que o sucesso do negócio da família também contou com ajuda externa. Além de investirem na capacitação dos funcionários por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), ele a irmã participam do Grupo Associado de Pesquisa do Sudeste Goiano (Gapes) em Rio Verde, município onde vivem em Goiás. O grupo faz pesquisas, eventos e ajuda na tomada de decisão em relação à compra de insumos.

“Não fazemos nada sozinhos. Como produtores, precisamos investir na difusão de conhecimento e tecnologia para melhorar a rentabilidade, diminuir os custos, continuar no mercado e também ajudar a desenvolver a região”, disse.

“Foi uma grande honra representar o produtor rural. A gente não está fazendo nada melhor que ninguém, mas já conquistamos muitos resultados e foi muito bom contar essa história.”

A superintendente de Relações Internacionais da CNA, Lígia Dutra, destacou a importância do produtor mostrar sua experiência no exterior.

“O Brasil é um grande exportador de alimentos e nossa produção é baseada na sustentabilidade. Precisamos mostrar isso ao mundo, por isso, a participação do produtor rural em eventos como esse contribui para reforçarmos a imagem do agro brasileiro lá fora.”

FONTE: CNA

consulte sua habilitação Radar / Siscomex

copie o link abaixo, abra uma nova aba do navegador e cole na barra de endereço

Todos os serviços para
Comércio Exterior

Fale com um de nossos especialistas

Telefone

+55 13 3321-9321 | +55 65 4141-4540

WhatsApp

+55 13 3321-9321

E-mail

Preencha o formulário ao lado