fbpx

Siderúrgicas no ES importam bobinas de aço

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Pela primeira vez, indústrias importam bobinas e placas de aço para atender mercado interno.

Pela primeira vez, Arcelor, Usiminas e Gerdau estão importando bobinas de aço para atender a demanda de consumo do mercado interno. Segundo fonte do mercado, um navio com 9.500 toneladas de bobinas e placas de aço vindo da China chegou nesta terça-feira (8) ao Porto de Praia Mole (Vitória).

De acordo com dados levantados pela produção de ES Brasil, a produção de aço do Brasil é de 30 milhões de toneladas/ano, sendo que o mercado interno consumia 20 milhões de toneladas/ano. O restante é exportado.

Com o mercado interno superaquecido, a indústria siderúrgica viu a necessidade de importar a matéria prima para atender, principalmente, o setor automobilístico, de construção civil e produtos da linha branca, por isso, siderúrgicas importam aço da China.

Fontes especializadas afirmam que: o consumo interno está superaquecido. A demanda reprimida do ano passado veio com tudo este ano e a produção brasileira não está dando conta. O Brasil sempre foi o grande produtor de aço no mundo e pela primeira vez está sendo obrigado a importar.

De acordo com a economista Arilda Teixeira, o país vive uma fase de retomada de investimentos, que demandam matéria-prima e insumos. Na opinião dela, mesmo sem ser possível confirmar se o aço importado ficará no estado ou será distribuído para outras regiões do país, o mercado interno está com demanda de consumo crescente.

“Isso é muito positivo porque sinaliza que a economia não está morta. Se siderúrgicas importam aço da China, confirma que estão acontecendo investimentos, que geram emprego, consumo e o mercado se movimenta”, afirmou a economista.

FONTE: ESBrasil

últimas notícias no Comércio Exterior

solicitar atendimento

vamos conversar sobre Comércio Exterior ?

services for companies outside Brazil